ANDORINHAS

As andorinhas

De certeza que já se deparou com uma andorinha de cerâmica – ou muitas – na parede de uma casa portuguesa, num restaurante, nas tradicionais lojas de recordações, ou até numa moderna loja de design.

Mas conhece o grande significado que estas pequenas aves transportam consigo?

A andorinha é um símbolo da cultura portuguesa, uma ave migratória que volta sempre ao mesmo local para nidificar. Diz-se que tal acontece porque têm somente um parceiro para toda a vida, criam os filhos em conjunto e apenas deixam o ninho quando todas as crias já saíram do mesmo.

Quando vemos um ninho de andorinha no beiral de uma casa portuguesa, sabemos que no início da primavera seguinte os seus ‘inquilinos’ estarão de volta. Todos os anos viajam longos quilómetros, do Norte de Africa para Portugal – onde ficam até ao final do verão – como um prenúncio da primavera e do bom tempo.

É por isso que estas pequenas aves estão intrinsecamente ligadas a valores tão fundamentais como a família, o amor, a lealdade, a liberdade e representam tão bem a palavra portuguesa saudade.

Segundo o dicionário, saudade é um “sentimento de mágoa, nostalgia e incompletude, causado pela ausência, desaparecimento, distância ou privação de pessoas, épocas, lugares ou coisas a que se esteve afetiva e ditosamente ligado e que se desejaria voltar a ter presentes’, a ‘lembrança afetuosa de algo ou alguém ausente’. Na prática, é o que nos faz trazer sempre connosco a lembrança dos locais e pessoas que nos marcaram e querer voltar aos sítios onde fomos felizes, tal como a andorinha.

Não é por acaso que uma das mais recentes músicas da famosa cantora portuguesa Ana Moura se chama, precisamente, ‘Andorinhas’:

Passo os meus dias em longas filas
Em aldeias, vilas e cidades
As andorinhas é que são rainhas
A voar as linhas da liberdade

A tradição das andorinhas em cerâmica, que transformou este simbolismo em algo físico que podemos oferecer aos nossos ente queridos, teve início em 1896, quando Raphael Bordallo Pinheiro regista a patente das suas andorinhas de cerâmica. Provavelmente, ao perceber que se podiam transformar num verdadeiro símbolo português. E sabemos hoje que não se enganou.

Nós por cá, temos também um carinho muito especial por tudo o que esta pequena ave representa, já que partilhamos os mesmos valores. E é por isso que se for ao Restaurante Azeitona no 3HB Guaraná irá descobrir uma parede dedicada às andorinhas, da mesma forma que em qualquer um dos nossos hotéis adoramos ver os ninhos nos beirais quando temos a sorte de ser escolhidos como seu lar.

Porque, pelas mesmas razões que tantos hóspedes escolhem Portugal e os nossos hotéis como a sua casa – bom tempo e boa comida –, também as andorinhas o fazem.

O Algarve espera por si! E as andorinhas também! Numa fotografia, em cerâmica, ou numa versão mais moderna – como um íman para o frigorífico – leve uma consigo para se lembrar sempre que tem uma segunda casa para onde regressar ou para oferecer a alguém especial.

Bem-vindos!

Aqui partilhamos consigo todas as novidades sobre a nossa marca e sobre os nossos hotéis para que seja sempre o primeiro a saber!

Partilhamos também dicas, sugestões, notícias, para estarmos sempre próximos!

SIGA-NOS:

ARTIGOS RECENTES

As suas próximas férias começam aqui!

MELHOR PREÇO DISPONÍVEL

Só para si!